Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2012

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

2012


Pesquisar

 


Por Debaixo Da Onda

por Diogo Simões, Quinta-feira, 16.08.12

O verão é uma ótima altura para se experimentarem novos desportos. Os gratuitos são os melhores e foi nesse que investi hoje!

Vocês  de certeza que adoram ver os Surfistas na Crista da Onda, mas vejam bem. Só o dinheiro que se gasta e o tempo que precisamos para nos conseguirmos pôr em cima da prancha nem que seja por dois minutos. É tarefa difícil.

Hoje o mar ajudou-me com umas belas ondas que tenho pena não ter tirado registo, mas vejam, foi mesmo bom.

Este nome desporto, é exatamente o posto de Ficar Na Crista da Onda. É simplesmente rebolar por debaixo dela. Não é genial? É que para além de ser uma atividade que nos deixa sem energia para aqueles que procuram momentos de descanso eterno na toalha, como tem propriedades terapêuticas com o “esfreganço” das nossas costas nas pedras (irritantes) do mar.

Ou seja:

Vantagens:

- Sem custos;
- Terapia nas costas;
- A qualquer hora! A qualquer momento.

 

Desvantagens:

- Pode causar alguma dor (disfarçada com a adrenalina não é nada);
- E pedras espalhadas pelo fato de banho! E acreditem, pois acabei de espalhar um monte delas aqui por casa.!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diogo Simões às 12:36

Por Debaixo Da Onda

por Diogo Simões, Quinta-feira, 16.08.12

O verão é uma ótima altura para se experimentarem novos desportos. Os gratuitos são os melhores e foi nesse que investi hoje!

Vocês  de certeza que adoram ver os Surfistas na Crista da Onda, mas vejam bem. Só o dinheiro que se gasta e o tempo que precisamos para nos conseguirmos pôr em cima da prancha nem que seja por dois minutos. É tarefa difícil.

Hoje o mar ajudou-me com umas belas ondas que tenho pena não ter tirado registo, mas vejam, foi mesmo bom.

Este nome desporto, é exatamente o posto de Ficar Na Crista da Onda. É simplesmente rebolar por debaixo dela. Não é genial? É que para além de ser uma atividade que nos deixa sem energia para aqueles que procuram momentos de descanso eterno na toalha, como tem propriedades terapêuticas com o “esfreganço” das nossas costas nas pedras (irritantes) do mar.

Ou seja:

Vantagens:

- Sem custos;
- Terapia nas costas;
- A qualquer hora! A qualquer momento.

 

Desvantagens:

- Pode causar alguma dor (disfarçada com a adrenalina não é nada);
- E pedras espalhadas pelo fato de banho! E acreditem, pois acabei de espalhar um monte delas aqui por casa.!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diogo Simões às 12:36

ATENÇÃO! Alguém que Encontre o Interruptor

por Diogo Simões, Quarta-feira, 15.08.12

Bem! Como já tenho expressado o meu gosto por passar férias nos posts anteriores, este não é necessário! Mas também ainda não demonstrei o meu “odiar” por praia! É que não acho mesmo piada á areia especialmente quando ela vem para a nossa toalha depois de nós termos estado no mar. Mar… aí reside o problema de todos os banhistas!: O MAR ESTÁ GELADO!

Será que alguém pode encontrar o interruptor para ligar o esquentador? Não era tããããooo bom tomarmos banhinho numa água quentinha tal como num clima tropical? Eu vivo esse sonho e essa esperança que aqui nos meus 15 dias de estadia se realize.

Outro dos problemas hoje de manhã foi acordar, e em vez de termos um sol a iluminar toda a casa não! Tínhamos um céu escuro que mais parecia que iria chover. Ao pensar nisso me lembrei como o ano passado fomos corridos da praia pelas gotas pesadas, grandes e geladas de chuva que nos banharam na praia. Algo como uma boa-vidas dos céus?

Bem… O que interessa é que alguém realmente encontrou o interruptor (não para a água, é pena), mas para um sol abrasador que nos brindou á uma da tarde!…

Alguém me compreende?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diogo Simões às 13:19

ATENÇÃO! Alguém que Encontre o Interruptor

por Diogo Simões, Quarta-feira, 15.08.12

Bem! Como já tenho expressado o meu gosto por passar férias nos posts anteriores, este não é necessário! Mas também ainda não demonstrei o meu “odiar” por praia! É que não acho mesmo piada á areia especialmente quando ela vem para a nossa toalha depois de nós termos estado no mar. Mar… aí reside o problema de todos os banhistas!: O MAR ESTÁ GELADO!

Será que alguém pode encontrar o interruptor para ligar o esquentador? Não era tããããooo bom tomarmos banhinho numa água quentinha tal como num clima tropical? Eu vivo esse sonho e essa esperança que aqui nos meus 15 dias de estadia se realize.

Outro dos problemas hoje de manhã foi acordar, e em vez de termos um sol a iluminar toda a casa não! Tínhamos um céu escuro que mais parecia que iria chover. Ao pensar nisso me lembrei como o ano passado fomos corridos da praia pelas gotas pesadas, grandes e geladas de chuva que nos banharam na praia. Algo como uma boa-vidas dos céus?

Bem… O que interessa é que alguém realmente encontrou o interruptor (não para a água, é pena), mas para um sol abrasador que nos brindou á uma da tarde!…

Alguém me compreende?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diogo Simões às 13:19

Jantarada

por Diogo Simões, Quarta-feira, 15.08.12

PKT_2482_image_gallery

Bem, ontem isto foi uma verdadeira animação e sinceramente gostava que me dissessem a quem devo agradecer por ter ligado o botão tubo da ventoinha (ironia, claro) pois a nossa saída á noite foi acompanhada por um vento irritante não costume de dias de verão. Mas bem, como somos nós para dizer que temos verão se trocamos as estações do ano toda.

Mas pronto, fomos ter com uns amigos ao INATEL (deve perguntar-se o que raio é isso, não é?). Pelo que percebi é um complexo de hotel, restauração e turismo aqui no Algarve, mais propriamente em Albufeira.

O jantar, ao menos, foi buffet e digo que estava delicioso e comi de tudo o que gostava (pormenor importante).

Comecei com essa carne (não me perguntem o nome pois não faço a mínima) e com essas batatas fritas deliciosas. Tão deliciosas que o meu irmão fez delas parte do prato da sobremesa.

2012-08-14 20.06.52O meu segundo prato já foi bacalhau ( devo estar com desejos pois já no domingo no casamento o comi (como entrada, é diferente, claro Smiley mostrando a língua ). Bacalhau com “as batatas”.

2012-08-14 20.17.41

A minha verdadeira sobremesa foi mesmo um doce de claras com açúcar e canela muito muito bom! Têm que experimentar.

2012-08-14 20.47.05

No entanto, acho mesmo que o ponto forte do jantar foi “brincar” com as aplicações de penteados que os iPhones e Androids nos davam! HHAHAHA! Armámos-nos em cabeleireiros por assim dizer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diogo Simões às 12:25

Jantarada

por Diogo Simões, Quarta-feira, 15.08.12

PKT_2482_image_gallery

Bem, ontem isto foi uma verdadeira animação e sinceramente gostava que me dissessem a quem devo agradecer por ter ligado o botão tubo da ventoinha (ironia, claro) pois a nossa saída á noite foi acompanhada por um vento irritante não costume de dias de verão. Mas bem, como somos nós para dizer que temos verão se trocamos as estações do ano toda.

Mas pronto, fomos ter com uns amigos ao INATEL (deve perguntar-se o que raio é isso, não é?). Pelo que percebi é um complexo de hotel, restauração e turismo aqui no Algarve, mais propriamente em Albufeira.

O jantar, ao menos, foi buffet e digo que estava delicioso e comi de tudo o que gostava (pormenor importante).

Comecei com essa carne (não me perguntem o nome pois não faço a mínima) e com essas batatas fritas deliciosas. Tão deliciosas que o meu irmão fez delas parte do prato da sobremesa.

2012-08-14 20.06.52O meu segundo prato já foi bacalhau ( devo estar com desejos pois já no domingo no casamento o comi (como entrada, é diferente, claro Smiley mostrando a língua ). Bacalhau com “as batatas”.

2012-08-14 20.17.41

A minha verdadeira sobremesa foi mesmo um doce de claras com açúcar e canela muito muito bom! Têm que experimentar.

2012-08-14 20.47.05

No entanto, acho mesmo que o ponto forte do jantar foi “brincar” com as aplicações de penteados que os iPhones e Androids nos davam! HHAHAHA! Armámos-nos em cabeleireiros por assim dizer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diogo Simões às 12:25

A aventura no casamento

por Diogo Simões, Segunda-feira, 13.08.12
Bem, ter casamentos é uma coisa que eu adoro especialmente pela comida mas também claro pelo reencontro em família. Mas este revelou-se algo de bastante complicado e de muitas dores de cabeça (e de barriga pelo atraso do pequeno-almoço). Eu bem achei estranho a minha mãe ligar ter ligado o megafone tão cedo para nos acordamos nas dou graças a ela o ver feito pois tivemos nada mais nada menos que mais que uma hora para encontrar o caminho para o precioso casamento. O que se pensava ser uma tarefa fácil foi exatamente o contrário. Dado que as indicações estavam dadas em placas era fácil seguir pelo menos o nome do noivo:Patrick. Mas por alma de quem iríamos nos adivinhar que 2 Patricks se iriam casar no mesmo dia. O pai da noiva bem foi ter connosco para nos indicar o parque de estacionamento nas bem:- epá, este não é o nosso casamento, desculpe lá. Já impacientes, tentamos procurar novas placas que nos levaram a um novo casamento! Mas não era o nosso! Por fim, depois de um grupo simpático de habitantes nos ter dado indicações acertadas para o casamento que até do nome já dá noiva sabiam, lá chegamos. Estacionado e carro ao pé de um cavalo!!!image

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diogo Simões às 09:08

A aventura no casamento

por Diogo Simões, Segunda-feira, 13.08.12
Bem, ter casamentos é uma coisa que eu adoro especialmente pela comida mas também claro pelo reencontro em família. Mas este revelou-se algo de bastante complicado e de muitas dores de cabeça (e de barriga pelo atraso do pequeno-almoço). Eu bem achei estranho a minha mãe ligar ter ligado o megafone tão cedo para nos acordamos nas dou graças a ela o ver feito pois tivemos nada mais nada menos que mais que uma hora para encontrar o caminho para o precioso casamento. O que se pensava ser uma tarefa fácil foi exatamente o contrário. Dado que as indicações estavam dadas em placas era fácil seguir pelo menos o nome do noivo:Patrick. Mas por alma de quem iríamos nos adivinhar que 2 Patricks se iriam casar no mesmo dia. O pai da noiva bem foi ter connosco para nos indicar o parque de estacionamento nas bem:- epá, este não é o nosso casamento, desculpe lá. Já impacientes, tentamos procurar novas placas que nos levaram a um novo casamento! Mas não era o nosso! Por fim, depois de um grupo simpático de habitantes nos ter dado indicações acertadas para o casamento que até do nome já dá noiva sabiam, lá chegamos. Estacionado e carro ao pé de um cavalo!!!image

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diogo Simões às 09:08

Coisas que dão Trabalho

por Diogo Simões, Domingo, 12.08.12
Bem, em dias como estes - de casamento - temos sempre que mudar o nosso vestuário. Por mim ia de qualquer maneira mas bem que mudei os atacadores das minhas sapatilhas.... Enfim. Primeiro olhamos para os dois modelos fixamente e depois... Ao ataque!!! Tiramos tudo de uma vez e quando vamos a ver ficamos meia hora numa de "agora este vai para ali, agaora para baixo, e novamente para ali" e estamos com 15 minutos num pé. No fim já só sabe bem o conforto das nossas sapatilhas.imageimage

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diogo Simões às 08:06

Coisas que dão Trabalho

por Diogo Simões, Domingo, 12.08.12
Bem, em dias como estes - de casamento - temos sempre que mudar o nosso vestuário. Por mim ia de qualquer maneira mas bem que mudei os atacadores das minhas sapatilhas.... Enfim. Primeiro olhamos para os dois modelos fixamente e depois... Ao ataque!!! Tiramos tudo de uma vez e quando vamos a ver ficamos meia hora numa de "agora este vai para ali, agaora para baixo, e novamente para ali" e estamos com 15 minutos num pé. No fim já só sabe bem o conforto das nossas sapatilhas.imageimage

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diogo Simões às 08:06


Comentários recentes